Terça, 19 Novembro 2019 18:04

Dia Mundial da Diabetes: Cirurgia metabólica chega para revolucionar o tratamento

Written by
Rate this item
(0 votes)

 

14 de novembro é o Dia Mundial da Diabetes. A data foi criada em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e Organização Mundial de Saúde (OMS).

Para lembra-la foi criada a campanha Novembro Diabetes Azul. O mês é dedicado à conscientização sobre os problemas relacionados à doença crônica, que é caracterizada pelo aumento constante dos níveis de glicemia no sangue.

A diabetes pode levar a problemas cardiovasculares, como infartos, Acidente Vascular Cerebral (AVC), além de insuficiência renal, perda da visão, amputações de membros e até a morte.

A doença atinge mais de 13 milhões de brasileiros, grande parte com o diabetes tipo 2. Esses números vêm crescendo pelos hábitos alimentares inadequados, pela obesidade e sedentarismo.

O caminho para a prevenção e controle passa pela mudança no estilo de vida e disciplina. A medicina também vem inovando no tratamento e controle da doença. A mais recente é a cirurgia metabólica, indicada para pessoas que têm diabetes tipo2.

A técnica, regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina, é segura e apresenta resultados positivos de curto, médio e longo prazos, diminuindo a mortalidade de origem cardiovascular.

 

Centro Médico Vicente Pires conta com especialista em cirurgia metabólica

Atualizado com os avanços tecnológicos da medicina, o Centro Médico Vicente Pires vem se firmando como referência nesse tipo de tratamento e se atualizando nas técnicas cirúrgicas para o controle da diabetes.

Recentemente, o doutor Adriano Guimarães Ibiapina, Cirurgião Metabólico do Centro Médico, participou do Congresso Internacional de Cirurgia Metabólica em Madri, na Espanha, e do curso de robótica em San Diego, na Califórnia.

De acordo com o cirurgião, o diagnóstico precoce é fundamental para prevenir complicações futuras. “A diabetes é uma doença silenciosa que acomete milhões de pessoas no mundo todo e no Brasil não é diferente. É um problema de saúde pública. Por isso, estamos trazendo essa novidade do tratamento cirúrgico para o controle dessa doença tão séria que acomete tanta gente”.

Para o médico, a cirurgia metabólica é um avanço significativo e uma opção a mais para quem tem diabetes tipo 2. “O procedimento cirúrgico consegue controlar a doença por mais tempo e mais adequadamente que o uso de medicações. Sabendo ainda que boa parte desses pacientes não consegue fazer o controle adequado, mesmo usando regularmente insulina ou hipoglicemiantes orais”, explica.

Segundo o cirurgião, a técnica, considerada minimamente invasiva, consiste especificamente na redução da capacidade do estômago e na alteração da conformação anatômica do intestino, de forma que alguns alimentos não passem em um determinado segmento do intestino.

“A não passagem desses alimentos por esse segmento do intestino, de alguma forma faz com que o índice de glicose diminua. É uma técnica cirúrgica feita por videolaparoscopia e já recomendada pelas entidades médicas internacionais e nacionais. É uma ferramenta a mais no tratamento e controle do diabetes tipo 2”, destaca o médico.

O Centro Médico Vicente Pires conta ainda com uma equipe especializada no tratamento e controle da doença, com Endocrinologista, Clínico, Nutricionista, Cirurgião e Acompanhamento Psicológico.

 

Tipos de diabetes

A diabetes tipo 2 é a forma mais comum da doença, responsável por pelo menos 90% dos casos e frequentemente associado a sobrepeso ou obesidade.

A doença pode se manifestar em qualquer idade e é caracterizada pela resistência à insulina e deficiência relativa de insulina.

Existe ainda a diabetes tipo 1, que acomete principalmente crianças e jovens. A doença provoca uma reação autoimune, onde o sistema de defesa do corpo ataca as células que produzem insulina.

O paciente com esse tipo de diabetes precisa de injeções de insulina todos os dias.

Os altos níveis de glicose no sangue podem aparecer também durante a gravidez e trazer complicações para a mãe e o bebê. A diabetes gestacional normalmente desaparece após a gravidez, no entanto, mulheres com histórico da doença e seus filhos têm mais chance de desenvolver diabetes tipo 2 ao longo da vida.

 

Prevenção é a melhor saída

De acordo com a Federação Internacional de Diabetes (IDF), mais de 50% da diabetes tipo 2 é evitável. Mudar o estilo de vida pode atrasar ou impedir o aparecimento da doença.

Para evitá-la, é necessário conhecer os fatores de risco. Alguns deles podem ser modificados, como o sedentarismo, a pressão alta, má alimentação e obesidade.

 

Como prevenir?

  • Mantenha uma alimentação saudável;

  • Prefira alimentos integrais;

  • Pratique atividade física de três a cinco dias por semana, por um período mínimo de 30 minutos;

  • Controle o estresse;

  • Mantenha uma boa noite de sono;

  • Evite o consumo de álcool e tabaco;

  • Mantenha os níveis de triglicerídeos e colesterol.

 

 

 
 
 
 
 
Read 92400 times Last modified on Terça, 19 Novembro 2019 18:06

42057 comments

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.