Com a proximidade do verão muitas pessoas iniciam uma rotina de atividades físicas para chegar a melhor estação do ano com o corpo em forma e preparado para aproveitar as férias na praia.

A atividade física é sempre muito bem-vinda e benéfica para todo o ser humano, mas é bom antes de iniciar uma rotina de exercícios procurar um médico para saber como anda a saúde e qual o limite do seu corpo para a carga de exercícios pretendida.

De acordo com o médico Dr. Daniel Freire, do Centro Médico Vicente Pires, é importante passar por uma avaliação cardiológica antes de dar seguimento a uma rotina de exercícios, para prevenir situações de risco e saber qual a atividade física mais adequada para o seu organismo.

Durante a consulta, fazendo um exame físico adequado, bem como, aferição da pressão, ausculta cardíaca e exames cardiológicos básicos é possível avaliar o sistema cardíaco do paciente e diagnosticar problemas simples ou outros que necessitam de investigação mais profunda.

Algumas vezes o paciente que faz eletrocardiograma, por exemplo, apresenta alterações, como: arritmias, sobrecargas, bloqueios, bradicardias e taquicardias. Sintomas que carecem de avaliação mais minuciosa. Pessoas que apresentam determinados tipos de anomalias devem estar sempre atentas aos sintomas antes de começar uma rotina mais intensa de atividade física.

Com a avaliação médica e a realização de exames adequados é possível a prescrição de exercícios mais específicos, que contribuirão para a melhoria na saúde e bem-estar do paciente que possui algum tipo de distúrbio no sistema cardíaco.

Albert Einstein - Em artigo publicado recentemente, especialistas do hospital Albert Einstein alertam, principalmente aos atletas de alto rendimento, sobre a necessidade de se fazer uma investigação precoce da saúde do coração, antes mesmo de iniciar a rotina de atividades físicas.

No texto, o gerente médico da cardiologia do Einstein, Dr. Marcelo Franken, explica que para um médico pode ser difícil diferenciar um coração que apresenta um músculo com anormalidade de um coração de um atleta que naturalmente é mais musculoso. Por isso, a investigação precoce da saúde cardiovascular é importante para evitar situações como o afastamento do atleta da atividade ou até mesmo prevenir a morte súbita.

O artigo também esclarece que a causa de morte nos atletas divide-se em duas categorias: A que atinge atletas com idade acima dos 35 anos, que o principal motivo é o infarto agudo do miocárdio. E a segunda, que abrange aqueles com menos de 35 anos, cuja as razões são geralmente por doenças congênitas, como miocardiopatia hipertrófica, quando o músculo do coração começa a tonificar.

 

Em ambos os casos há a necessidade do atleta fazer uma investigação para descobrir se ele apresenta alguma malformação ou predisposição a uma doença cardíaca e o exercício físico pode servir como um gatilho para o aparecimento dos sintomas de forma mais aguda.

 

O Albert Einstein também chama a atenção para os atletas de final de semana, ou seja, aquelas pessoas que só praticam atividade física nos dias de folga. Eles correm mais riscos devido à falta de preparo físico adequado e por não possuírem uma rotina de exercícios, o que pode levar a um cansaço anormal e uma sobrecarga no coração.

 

Segundo o Dr. Daniel Freire, “a atividade física quando praticada de forma correta e responsável traz diversos benefícios para a saúde: aumento de rendimento, melhora na qualidade de vida e, consequentemente, o fim do uso de medicamentos para pressão, colesterol e diabetes, por exemplo”.

 

Campanha Centro Médico - Com o objetivo de alertar os moradores de Vicente Pires sobre os riscos à saúde, o Centro Médico realizou nos meses de setembro e outubro uma campanha de conscientização sobre a necessidade de realizar consulta médica e exames cardiológicos antes de se iniciar uma rotina de atividades físicas.

Foram realizadas ações em academias da cidade, com exame de glicemia capilar, aferição de pressão arterial e dadas orientações para chamar a atenção das pessoas sobre a importância em realizar uma avaliação médica e consulta a um especialista antes de começar a prática da atividade física.

Cuide-se antes de tudo!